fonte

Que significado tem o sábado para o cristão?



https://youtu.be/UJsZsaP7FvA

A primeira vez em que o Sábado é especificamente mencionado nas Escrituras é em Êxodo 16:23, depois que o maná foi dado dos céus; mas fica evidente que o Sábado teve sua origem na santificação e bênção do sétimo dia após os seis dias de trabalho da criação. Aparentemente existia uma divisão semanal de dias até a época do dilúvio, pois isto é mencionado em conexão com Noé. Também vemos em Marcos 2:27 que o Sábado foi feito para o homem. Era uma instituição que expressava a misericordiosa consideração de Deus para com o homem.

As palavras "descanso" e Sábado na passagem em Êxodo não possuem artigo, por isso a sentença pode ser traduzida "Amanhã é descanso, Sábado santo para o Senhor". Assim, nos versículos 25 e 26 não existe artigo, o que acontece no versículo 29. Posteriormente o Sábado foi definitivamente incluído nos dez mandamentos, capítulo 20:8‑11 de Êxodo, e ali é feita referência ao fato de Deus haver descansado no sétimo dia após a obra de criação, sendo esta a base da instituição.

O Sábado tinha um lugar peculiar em relação com Israel, e assim em Levítico 23, nas festas de Jeová, nas santas convocações, o Sábado de Jeová é mencionado primeiramente como mostra da grandiosa intenção de Deus. Deus havia libertado Israel da escravidão do Egito e, portanto, ordenou que guardassem o sábado (Deut. 5:15). O Sábado era o sinal da aliança de Deus para com eles e pode ser que o Senhor Jesus, ao ofender várias vezes aos judeus por não guardar o Sábado (do ponto de vista deles) por atos de misericórdia que Ele praticava prenunciava a aproximação da dissolução da aliança da lei (Êxodo 31:13,17; Ezequiel 20:12,20).

O Sábado era um prenúncio do descanso ao qual deveria entrar o povo de Deus, mas por causa do pecado daquels que se dirigiam para a terra prometida, e a desprezavam, Deus jurou em Sua ira que não entrariam no Seu descanso (Salmo 95:11). Deus tem o propósito de introduzir o Seu povo (Israel) no Seu descanso, para o qual permanece ainda a guarda do Sábado (Hebreus 4:9).

O Sábado nunca foi dado às nações da mesma forma que o foi para Israel, e dentre os pecados citados contra os gentios, nunca é mencionada a transgressão do Sábado. No entanto, parece ser um princípio do governo de Deus sobre a terra que homens e animais devessem ter um dia em sete para o descanso do trabalho, pois todos o necessitam fisicamente.

O Sábado cristão é designado como sendo o dia do Senhor, e é tão distinto do Sábado legal judaico como a abertura, ou primeiro dia, de uma nova semana é distinta do término ou encerramento da semana que passou. O Senhor jazia na morte no Sábado judaico; os cristãos têm, no primeiro dia da semana, o dia da ressurreição.

O "Dia do Senhor" é uma expressão que aparece apenas em Apocalipse 1:10, quando João estava no Espírito no dia do Senhor. Era o dia da semana no qual o Senhor ressuscitou ‑ trata‑se do dia da ressurreição que marca enfaticamente o Sábado para o cristão. É o primeiro dia da semana, o que sugere o início de uma nova ordem de coisas, totalmente distinta daquela conectada com o Sábado da Lei.

No dia do Senhor os discípulos costumavam se reunir com o expresso propósito de partirem o pão (Atos 20:7) e, embora não haja nenhum preceito legalista a respeito, trata‑se de um dia especialmente considerado pelos cristãos. Trata‑se, literalmente, do "dia dominical", uma palavra que aparece somente em conexão com a "ceia do Senhor" em 1 Coríntios 11:20 e não deve ser confundida com "o dia do Senhor", no sentido que aparece em 2 Pedro 3:10 e outras passagens.

(Traduzido de Concise Bible Dictionary).'

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça