fonte

O que é batismo do Espírito Santo?



https://youtu.be/jUQ2RFdWcGo

Existe hoje muita confusão a respeito do batismo do Espírito Santo, principalmente por aqueles que pensam que "batismo do Espírito" significa alguma experiência de êxtase sobrenatural. Mas na Bíblia não encontramos isto.

O batismo do Espírito Santo aconteceu no dia de Pentecostes, quando todos aqueles que estavam reunidos no andar superior da casa receberam o Espírito Santo. Então o Espírito Santo "encheu toda a casa" (At 2.2), e encheu a cada um, individualmente, dos que estavam na casa (versículo 4). "Línguas repartidas" poderia significar o propósito de Deus em tornar, tanto judeus como gentios, um em Cristo, enquanto que o fato de elas serem "como de fogo" (figura de um juízo), nos lembra que "a santidade convém à Tua casa, Senhor, para sempre" (Sl 93.5). Isto se tornou evidente no julgamento de Ananias e Safira (Atos 5). Algo similar ao batismo do Espírito Santo aconteceu quando os gentios foram recebidos publicamente em Atos 10.44 e 11.15. É a isso que se refere 1 Coríntios 12.13, quando foi dada a Paulo a revelação da verdade da Igreja como corpo de Cristo.

Uma vez tendo sido formada a Igreja, o batismo do Espírito Santo já não se repete em nossos dias. Os crentes agora são "acrescentados", à medida que cada um recebe o Espírito Santo individualmente, como consequência de sua fé em Cristo e na Sua obra (Efésios 1.13).

É importante ressaltar que o Espírito não é mais comunicado pela imposição de mãos. Além do mais, mesmo na igreja primitiva, o Espírito nem sempre era comunicado desta forma (Atos 10.44), mas Deus usou este meio em ocasiões especiais para evitar que na Igreja existissem grupos de nacionalidades distintas, independentes uns dos outros. Cumpria‑se, assim, João 11.52. Vemos isto quando os Samaritanos são recebidos na Igreja (Atos 8.17). O mesmo acontece quando Saulo de Tarso foi recebido, a fim de que pudesse reter a verdade de que os crentes em Cristo são um com Cristo, e para que pudesse identificar‑se com eles (Atos 9.4,28). Vemos novamente isto quando alguns gentios, que conheciam apenas o batismo de João, foram recebidos (Atos 19.16).

Leia mais sobre o assunto aqui:

http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/o-batismo-com-o-espirito-santo-h-e.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/qual-diferena-entre-o-batismo-e-o-selo.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/uncao-selo-e-penhor-do-espirito-h-e.html 
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/o-espirito-santo-h-e-hayhoe.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/nascido-do-espirito-h-e-hayhoe.html
http://manjarcelestial.blogspot.com/2009/12/os-dons-do-espirito-h-e-hayhoe.html
http://www.respondi.com.br/2010/07/existem-crentes-sem-o-espirito-santo.html

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça