As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Jesus vem como arcanjo ou um arcanjo ressuscitara' os mortos?



https://youtu.be/1zsA1IUanSk

Você perguntou se a "voz de arcanjo" citada em 1 tessalonicenses 4:16 pode significar que o Senhor Jesus, antes de encarnar, teria sido um arcanjo? Você entendeu por outras postagens minhas que Jesus não é o arcanjo Miguel, como tentam ensinar Testemunhas de Jeová e Adventistas, mas ficou confuso quando viu Paulo falou em "voz de arcanjo" relacionada à vinda do Senhor para buscar os salvos.

Primeiro é bom entender que nenhuma seita herética tem base bíblica por princípio. As Testemunhas de Jeová e os Adventistas compartilham erros comuns a ambas, como este de achar que o arcanjo Miguel seja Jesus e que o juízo eterno não seria eterno, mas passageiro e terminando com a extinção dos seres humanos pecadores. Você viverá uma vida cristã saudável se passar ao largo dessas duas seitas e não aceitar qualquer texto ou vídeo vindo delas.

Se ler com atenção encontrará no versículo três coisas distintas que acontecem:

"Porquanto o Senhor mesmo, dada a SUA PALAVRA DE ORDEM, ouvida A VOZ DO ARCANJO, e ressoada A TROMBETA DE DEUS, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro" (1 Ts 4:16).

Entendo que a "palavra de ordem" venha do próprio Senhor, conforme prometeu nos evangelhos: "Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora e já chegou, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus; e os que a ouvirem viverão." (Jo 5:25). Também foi com uma "palavra de ordem" que ele chamou Lázaro para fora da morte, e embora não fosse ainda a ressurreição definitiva, serve de figura do que irá acontecer: "E, tendo dito isto, clamou em alta voz: Lázaro, vem para fora! Saiu aquele que estivera morto, tendo os pés e as mãos ligados com ataduras e o rosto envolto num lenço. Então, lhes ordenou Jesus: Desatai-o e deixai-o ir." (Jo 11:43-44).

Em seguida é ouvida "a voz do arcanjo". No Antigo Testamento o arcanjo Miguel estava associado a Israel, e em Daniel ele aparece associado à ressurreição dos santos do Antigo Testamento. O versículo 2 de Daniel 12 fala das duas classes de pessoas, mas entre as duas coisas haverá mais de mil anos. A passagem não diz que Miguel será o responsável pela ressurreição, e nem poderia, pois chamar alguém para fora da morte é um atributo divino.

"Nesse tempo, se levantará Miguel, o grande príncipe, o defensor dos filhos do teu povo, e haverá tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas, naquele tempo, será salvo o teu povo, todo aquele que for achado inscrito no livro. Muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, e outros para vergonha e horror eterno." (Dn 12:1-2).

Entendo que a passagem que fala da "voz do arcanjo" em 1 Tessalonicenses seria melhor entendida se lêssemos "voz DE arcanjo", no sentido da qualidade da voz. No Antigo Testamento o Senhor Jesus, o mesmo Jeová, aparecia aos israelitas como "o anjo do Senhor", mas era o próprio Senhor. Quando a passagem diz "um anjo do Senhor", aí sim é um anjo, um mensageiro enviado pelo Senhor.

Quando o Senhor chamar os santos do Antigo Testamento para fora de seus túmulos usará a mesma voz que usava quando aparecia a eles. Um pai de família pode ter diferentes tonalidades de voz para chamar um filho, a esposa, um empregado, ou um desconhecido etc. Em seu livro "Acontecimentos Proféticos" Bruce Anstey comenta: "A 'voz do arcanjo' ou 'voz arcangelical' parece ser a voz do próprio Senhor no poder do arcanjo. Sua voz aqui aparentemente se refere à ressurreição dos santos do Antigo Testamento, pois ele aparecia com frequência para o seu povo naqueles tempos como 'o anjo do Senhor'.".

Finalmente, "a trombeta de Deus" é ressoada. Essa "trombeta de Deus" é a mesma de 1 Coríntios 15:52, ali chamada de "última trombeta". Não deve ser confundida com a "sétima trombeta" de Apocalipse 11:15-18 que assinala os últimos juízos derramados sobre o mundo durante a Grande Tribulação. A "última trombeta" de 1 Coríntios 15 é última para a Igreja; a sétima trombeta de Apocalipse 11 é a última para o mundo, apesar de não ser chamada de última no texto. Em 1 Tessalonicenses a trombeta é de Deus, em Apocalipse é o anjo quem soa a trombeta, e ela estabelece o momento, não do arrebatamento como em 1 Tessalonicenses 4:16, mas da inauguração do Reino terreno no mundo. Veja o que diz em Coríntios:

"Eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade. E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória." (1 Co 15:51-54).

Em Apocalipse diz que "o sétimo anjo tocou a trombeta, e houve no céu grandes vozes, dizendo: O reino do mundo se tornou de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos." (Ap 11:15). Se você não estiver contaminado com ideias de Testemunhas de Jeová ou Adventistas, perceberá facilmente a diferença entre os eventos. Não há como confundir as coisas.

O Senhor não é um arcanjo, pois um arcanjo é um ser criado e seria muito estranho o Senhor criar a si mesmo, não acha? "Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez." (Jo 1:3). Seria algo tão bizarro quanto o quadro "Mãos Desenhando", do artista holandês Maurits Cornelis Escher, autor de vários quadros absurdos e de ilusão gráfica, como escadas que sobem sem parar e não levam a lugar nenhum.


https://www.respondi.com.br/2012/07/o-arcanjo-miguel-e-jesus.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana