fonte

A Bíblia fala de dirigentes de uma igreja?



https://youtu.be/XFiU121mTjY

O que você encontra em Timóteo 3 não tem o mesmo caráter do pastor que dirige uma congregação, que é prática comum nas denominações. Trata-se de bispos no plural, com a finalidade, não necessariamente de pregar, mas de zelar pelo rebanho. Pastor é um dom, como evangelista e mestre. Bispo ou ancião é um ofício.

No princípio os bispos eram escolhidos por ordem dos apóstolos (que já não existem), como você vê em Tito 1:5-...

Tit 1:5 Por esta causa te deixei em Creta, para que pusesses em boa ordem o que ainda não o está, e que em cada cidade estabelecesses anciãos, como já te mandei... etc.;

Também os bispos eram assim estabelecidos por cidade (não por grupo de cristãos ou denominação). No atual estado de coisas, quando não temos mais apóstolos para darem a ordem que Paulo deu a Tito, e quando os cristãos estão divididos, é impraticável estabelecer bispos de cidade em cidade. Quem faz isso (como fazem os católicos) está considerando que igreja é só o seu grupo, e não todos os outros crentes em uma cidade.

Resta nos contentarmos com a outra forma esses bispos são estabelecidos, ou seja, pelo Espírito Santo, como o apóstolo disse que ocorrera com os anciãos (bispos) de Éfeso:

Ats 20:28 Cuidai pois de vós mesmos e de todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele adquiriu com seu próprio sangue.

Assim, hoje podemos reconhecer aqueles que têm o cuidado do rebanho, mas seria inviável apontá-los ou denominá-los como tais, sob o risco de estarmos sendo pretensiosos, como se os bispos ou anciãos, que deviam ser para TODOS os cristãos em uma cidade, tivessem seu trabalho limitado a um grupo apenas. Ou como se apenas aquele grupo fosse realmente formado por TODOS os cristãos naquela localidade.

Escrevi mais sobre o assunto aqui:

http://www.respondi.com.br/2008/09/devemos-obedecer-autoridade-humana-na.html
http://www.respondi.com.br/2008/02/devo-fazer-um-curso-de-teologia.html
http://www.respondi.com.br/2007/02/um-ministro-ordenado-por-um-presbitrio.html
http://www.respondi.com.br/2007/01/quem-pode-ser-chamado-de-bispo.html
http://www.respondi.com.br/2007/01/como-saber-se-um-apstolo-genuno.html
http://www.respondi.com.br/2007/01/como-saber-se-uma-igreja-reconhece-o.html
http://www.respondi.com.br/2006/08/obedincia-aos-pastores-incondicional.html
http://www.respondi.com.br/2005/07/com-que-autoridade-bblica-perguntas.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/o-que-um-clrigo.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/como-deve-ser-o-clero-na-igreja.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/qual-hierarquia-na-igreja.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/devemos-obedecer-aos-pastores.html
http://www.respondi.com.br/2005/06/errado-deixar-de-congregar.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/como-os-dons-se-manifestam-na-igreja.html
http://www.respondi.com.br/2005/05/quem-deve-liderar-nas-reunies-da.html

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça