As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Tem muita gente interessada em congregar assim?



https://youtu.be/VuNj9QiYZ4c

Todos os dias recebo um número grande de mensagens de irmãos e irmãs interessados em deixar suas denominações para estarem congregados somente ao nome do Senhor. E quando digo que o número é grande é isso mesmo. Eu diria em média uma dúzia por dia. Então você irá pensar que as reuniões dos irmãos congregados somente ao nome do Senhor, fora do sistema denominacional, cresce de forma exponencial, certo? Errado. A grande maioria é formada por pessoas com diferentes motivações.

Quando eu falo em estar congregado somente ao nome do Senhor não estou falando de algum movimento moderno tipo "desigrejados", "igreja orgânica", "estação do caminho", "igreja loal""igreja nos lares", "crentes reconfigurados", "comunidade de Jesus", "igreja simples" e coisas do tipo. Existem muitos descontentes com as denominações que se separam delas para formarem grupos que geralmente funcionam do mesmo modo que uma denominação, mas apenas sem um nome. A questão de estar congregado ao nome do Senhor não está tanto no como e sim no onde. É o Nome o lugar de reunião, e você poderá entender melhor isso lendo o livro "A procura por uma assembleia reunida biblicamente", de Bruce Anstey, publicado pela Editora Verdades Vivas.

Mas vamos aos diferentes tipos de pessoas que entram em contato comigo pessoalmente, por e-mail ou redes sociais:

CURIOSOS: Não estão realmente em busca da verdade do um só corpo de Cristo ou de onde e como testemunhar disso na prática. Apenas querem conhecer algo mais para acrescentar mais um lugar à sua lista de igrejas visitadas; mais um check-in num aplicativo.

PESSOAS QUE GOSTAM DE MINHAS PREGAÇÕES: Nada de errado em gostar deste ou daquele pregador, mas algumas pessoas parecem mais interessadas em quem diz do que naquilo que é dito. Essas não estão realmente interessadas em congregar, mas apenas em escutar ao vivo um pregador que pensam liderar uma congregação. A questão é que os congregados ao nome do Senhor não têm um pastor ou pregador fixo, mas praticam o que ensina a Palavra de Deus: 1 Coríntios 14:29 "E falem dois ou três profetas, e os outros julguem.". Então essas pessoas, quando visitam uma reunião em algum lugar e descobrem que não sou eu ou algum pregador favorito que sempre fala, ficam desapontadas e nunca mais aparecem.

PESSOAS QUE ACREDITAM NA IMAGEM PASSADA NAS REDES SOCIAIS: Pessoas que veem fotos no Facebook dos irmãos alegres comendo juntos, tendo comunhão, confraternizando, querem viver num ambiente assim. Uma vez um jovem que esteve em algumas reuniões comentou que tinha encontrado irmãos com os quais se sentia bem. Não durou muito. Alguém disse que "aqueles que chegam por causa dos irmãos acabam indo embora por causa dos irmãos". Ninguém coloca foto no Facebook de irmãos de cara amarrada ou passando por problemas, do mesmo modo que ninguém coloca fotos da cara que a família faz quando chega a fatura do cartão daquele cruzeiro maravilhoso onde todos saíram felizes nas fotos.

PESSOAS BRIGADAS COM O PASTOR OU COM OS IRMÃOS COM OS QUAIS CONGREGAM:  Estas são as que acreditam que as pessoas em outro lugar possam ser melhores, mas na verdade estão apenas procurando por um novo terreno de batalha para também brigarem com seus novos adversários. Esses nunca irão se encaixar em lugar nenhum. Também conheci alguns que, alguns anos depois de terem abandonado o lugar onde congregavam, voltaram para lá porque aparentemente as inimizades terminaram.

PESSOAS QUE ENJOARAM DA IGREJA ONDE ESTAVAM PORQUE ACHAVAM MONÓTONA: Essas são as primeiras que dormem quando visitam uma reunião e descobrem que não tem a mesma dinâmica de uma palestra motivacional ou de um programa de auditório. Ou ficam até o final achando que vai entrar uma banda para tocar. Quando a banda não entra, não voltam. Uma vez um sentou-me ao meu lado e perguntou se não ia ter banda, e respondi que não tínhamos uma. Então ele disse que compreendia, que estávamos começando e no início  dinheiro não dava para comprar os instrumentos, então ele iria orar ao Senhor para prover.

HEREGES EM BUSCA DE AUDIÊNCIA: Alguns são expulsos do lugar onde estavam congregados por causa de suas má doutrinas e chegam pensando que vão encontra uma plataforma para destilar seu veneno e conquistar discípulos. Alguém que visitou uma reunião em outra cidade depois enviou e-mail para vários irmãos comparando os ensinos de irmãos do século 19 aos ensinos de Ellen White (Adventismo) e Joseph Smith (Mórmon). Segundo ele era tudo a mesma coisa e queria propor aos irmãos que mudassem seu entendimento das Escrituras e acatassem o seu que ele teria prazer em compartilhar. Levou uma vaia tão grande que deve estar tentando lembrar o número da placa do caminhão que o atingiu. Geralmente são pessoas do mesmo tipo das que reclamam de eu manter fechados os comentários de meus vídeos. Não querem comentar, querem contestar e divulgar suas heresias numa plataforma com milhares pessoas na audiência.

PASTORES DESEMPREGADOS: Sim, também já vi alguns casos assim, de pastores que perderam o posto, ou cantores evangélicos que perderam o público, e vieram em busca de recolocação. Alguns pastores quando ficam sabendo que não há um pastor à frente acham que é por não termos ainda encontrado alguém para contratar e chegam confiantes antes de caírem do cavalo. O mesmo já vi acontecer com cantores e músicos. Quando descobrem que não vão encontrar um palco e o cachê que minguou na denominação onde costumavam se apresentar logo perdem o interesse.

Finalmente um número pequeno — bem pequeno — é o de irmãos e irmãs que chegam porque buscam fazer a vontade do Senhor e desejam estar congregados a ELE, não a um outro nome ou denominação, a um pregador bem articulado, a uma banda bem afinada ou ao poder que a estrutura de uma grande instituição pode oferecer. São pessoas que não estavam buscando algo para si mesmas, como alguma vantagem pessoal, novas amizades, irmãos "mais espirituais", um lugar para "sentir-se bem" etc. São os que verdadeiramente fizeram ao Senhor a mesma pergunta que os discípulos fizeram:

"Onde queres que a preparemos? E ele lhes disse: Eis que, quando entrardes na cidade, encontrareis um homem, levando um cântaro de água; segui-o até à casa em que ele entrar." (Lc 22:9-10).

O "Homem" é figura do Espírito Santo. Lembre-se de que homens não levavam cântaros, a tarefa era das mulheres. O cântaro de água figura da Palavra, como em Efésios 5:25-27: "Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível."

O lugar, espiritualmente falando, será "um grande cenáculo mobilado", ou seja, tudo está pronto e com lugar para todos, além de cenáculo representar um andar alto, separado do nível do chão deste mundo. Foi somente quando os discípulos chegaram ao lugar que o Senhor os dirigiu por meio o Homem com o cântaro que ele se colocou à mesa com eles, e é somente quando congregados no terreno ordenado pela Palavra de Deus que podemos contar com a presença do Senhor no meio.

"Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles." (Mt 18:20).

por Mario Persona


Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana