As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

O que retem a apostasia e o anticristo?



https://youtu.be/uDA1cO0x2_U

Você escreveu querendo saber o que ou quem hoje é responsável por barrar a apostasia e a manifestação do anticristo. A passagem de sua dúvida é esta: "Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição, o qual se opõe, e se levanta contra tudo o que se chama Deus, ou se adora; de sorte que se assentará, como Deus, no templo de Deus, querendo parecer Deus. Não vos lembrais de que estas coisas vos dizia quando ainda estava convosco? E agora vós sabeis [conheceis] o que o detém, para que a seu próprio tempo seja manifestado. Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; e então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; a esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem." (2 Ts 2:3-10).

O versículo 6 fala de "algo" e o versículo 7 de "Alguém". Em ambos os casos está falando do Espírito Santo, que os tessalonicenses conheciam bem por serem habitados por ele. Portanto entendo ser a Pessoa do Espírito Santo, e sua ação, a barragem que hoje impede que a apostasia seja despejada sobre o mundo e seja revelado o iníquo. Quando for tirada essa barragem, todo o mal represado cobrirá a terra como num dilúvio.

Repare que será justamente o contrário do que aconteceu em Gênesis, quando Deus enviou um dilúvio para extirpar o mal da terra. Desta vez Deus permitirá um dilúvio de apostasia para deixar claro quais são os apóstatas, que conheceram a verdade mas a rejeitaram. Deste ponto em diante só haverá salvação para quem não conheceu o evangelho. Quem conheceu e não creu será forçado pela "operação do erro" a crer na mentira.

Gênesis 6 mostra que uma das funções do Espírito Santo é barrar os desígnios do homem e deter o mal de se alastrar. "Viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas; e tomaram para si mulheres de todas as que escolheram. Então disse o Senhor: Não contenderá o meu Espírito para sempre com o homem; porque ele também é carne; porém os seus dias serão cento e vinte anos." (Gn 6:2-3).

Essa declaração é feita depois da tentativa de corrupção da semente humana feita por anjos que assumiram a forma humana e fecundaram mulheres. Deus havia prometido no Éden que da descendência da mulher viria aquele que esmagaria a cabeça da serpente, por isso Deus precisou colocar um fim naquela geração de super-homens híbridos de anjos e mulheres.

Existe também um aspecto desse papel do Espírito Santo quando associado à Igreja. O Senhor disse aos discípulos que eles eram sal e luz neste mundo. O sal serve para evitar que a comida se deteriore, e quando é tirado tudo apodrece rapidamente. A luz mantém as trevas à distância. Tudo isso vai acontecer quando a Igreja for tirada da terra, e o Espírito Santo junto com ela.

"Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus." (Mt 5:13-16).

Se a Igreja será tirada, o Espírito Santo que veio habitar na terra e na Igreja no dia de Pentecostes não teria como ficar aqui, já que o Senhor prometeu que ele ficaria com os seus para sempre, quando disse: "E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre." (Jo 14:16).

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana