As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Se eu tirar minha propria vida meu espirito ficara' dormindo ate' o Juizo Final?



https://youtu.be/9-MmorspoPQ

Você pergunta o que aconteceria se você tirasse sua própria vida, e se o seu espírito ficaria dormindo até o dia do Juízo Final, quando então Deus decidiria o que fazer com você. Bem, o que acontecerá se você tirar sua própria vida não tem nada a ver com sono ou dormir até o dia do Juízo Final. Essa ideia de que os mortos estão dormindo é um erro grave pregado por religiões de um falso cristianismo, como as Testemunhas de Jeová e os Adventistas do Sétimo Dia.

Quando a Bíblia fala de alguns que "dormem" está usando de linguagem figurada para os salvos que morreram, porque é como se os seus corpos estivessem dormindo esperando a ressurreição. Para os perdidos é dito que morreram. Mas enquanto isso o espírito e a alma, tanto do salvo quanto do pedido, estão muito despertos. O primeiro estará desfrutando da presença do Senhor, enquanto o perdido aguardará em meio a terríveis sofrimentos que chegue o dia do Juízo Final para ser lançado — espírito, alma e corpo — em sua prisão eterna no lago de fogo.

Caso você decida tirar a própria vida, é bom que saiba que tão logo sua alma e espírito deixarem o corpo você se encontrará no hades, que é menos um lugar físico, e mais o estado de uma alma desencarnada. Você estará ali bem desperta e consciente em todos os sentidos, inclusive sofrendo dor e sede, apesar de não ter mais um corpo físico. Você experimentará sofrimentos como os do rico, que estava bem consciente de tudo o que acontecia em meio a uma sede terrível e sem solução.

"Morreu também o rico, e foi sepultado. E no hades, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio. E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama." (Lc 16:22).

Nessa condição de hades você ficaria no mínimo uns mil e tantos anos terrestres, se Cristo voltasse agora para buscar os salvos, ressuscitando-os ou transformando-os para se encontrarem com ele nos ares. Mas esse privilégio tem apenas os que morreram em Cristo ou estiverem vivos quando de sua vinda no que se costuma chamar de "arrebatamento".

Para você e os demais sem salvação, só receberiam seu corpo de volta mil e tantos anos mais tarde para se apresentarem diante do Grande Trono Branco, receberem a sentença e serem destinados ao lago de fogo. A primeira passagem a seguir nos fala dos salvos, a segunda dos perdidos. Vale ressaltar que ninguém é salvo depois da morte, a salvação se dá em vida quando cremos em Jesus e recebemos o perdão de todos os nossos pecados, ficando aptos para comparecer na presença de Deus. Para os que morrem em seus pecados não há mais solução, purgatório ou "segundo turno".

"Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também aos que em Jesus dormem, Deus os tornará a trazer com ele. Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras." (1 Ts 4:13-18).

"E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo." (Ap 20:11-15).

Nesse dia do Juízo Final só comparecerão os perdidos para receberem sua sentença e serem lançados no lago de fogo eternamente. Desta cena descrita na passagem não sairão salvos, pois os que foram salvos terão sido ressuscitados, transformados, e transferidos para os novos céus e a nova terra. Você não iria querer estar diante desse terrível trono do Juízo Final.

O grande problema de se "tirar a própria vida" começa com o erro dessa definição. Ninguém tem uma vida que seja propriamente sua. Toda vida pertence a Deus. "Todas as vidas me pertencem. Tanto a vida do pai como a vida do filho me pertencem." (Ez 18:4 CNBB). Além disso, ninguém foi autorizado a tirar sua própria vida, porque "o Senhor é o que tira a vida e a dá; faz descer à sepultura e faz tornar a subir dela." (1 Sm 2:6). Querer se matar é desafiar o próprio Deus mexendo com aquilo que pertence a ele, não a você: a vida.

Então ao tirar a vida que não lhe pertence, você estaria cometendo no mínimo dois crimes hediondos aos olhos de Deus. Primeiro, estaria se apropriando de algo que não lhe pertence — a vida que lhe foi apenas emprestada —, segundo, estaria cometendo um homicídio, que é matar um ser humano. E estas palavras escritas na Primeira Carta do apóstolo João eu quero que você grave muito bem em sua mente e em seu coração:

"Vós sabeis que todo assassino não tem a vida eterna permanente em si." (1 Jo 3:15).

https://www.respondi.com.br/2009/12/um-crente-que-se-suicida-perde-salvacao.html
https://www.respondi.com.br/2005/06/cometer-suicdio-no-seria-uma-soluo.html
https://www.respondi.com.br/2017/07/deus-perdoaria-meu-suicidio.html
https://www.respondi.com.br/2017/12/onde-estao-os-pastores-que-se-suicidaram.html
https://www.respondi.com.br/2010/04/tendencia-suicida-e-maldicao-familiar.html
https://grandealegria.blogspot.com.br/2015/01/depressao.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana