fonte

A passagem de 1 Pedro 2:9 se aplica a Israel?



https://youtu.be/HzpGH3jAO0o

Você escreveu dizendo que o teor do verso de 1 Pedro 2:9 deveria ter sua aplicação, não à Igreja, mas exclusivamente à Nação de Israel, visto que eles receberam essa fala de Deus na Antiga Aliança e a epístola de Pedro é dirigida aos judeus da Dispersão.

Sim, é certo que Pedro escreveu aos da dispersão, mas esse termo "dispersão" pode tanto se aplicar aos israelitas, agora crentes em Cristo, que estavam dispersos pelo mundo, como aos israelitas de antes da Igreja, identificados assim pelos judeus que acharam que Jesus iria se juntar a eles: "Disseram, pois, os judeus uns para os outros: Para onde irá este, que o não acharemos? Irá porventura para os dispersos entre os gregos, e ensinará os gregos?" (Jo 7:35). O termo também é usado por Tiago, mas aqui creio falar de hebreus convertidos vivendo no exílio: "Tiago, servo de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que andam dispersas, saúde." (Tg 1:1).

Mas o termo pode também incluir os que eram gentios e tinham sido igualmente dispersos pela perseguição, pois a epístola de Pedro fala dos sofrimentos que acompanhavam os crentes em Cristo, tenham eles sido judeus ou gentios em sua origem. Portanto a conclusão disso é que o versículo de 1 Pedro 2:9-10 tem a ver sim com a Igreja, e não com Israel:

"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós, que em outro tempo não éreis povo, mas agora sois povo de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia." (1 Pe 2:9-10)

O fato de promessa semelhante ter sido feita a Israel não a torna exclusiva daquele povo. Por ter falhado como povo preferido de Deus na terra em seu tempo, Deus escolheu a Igreja como seu testemunho no mundo, deixando Israel de lado por um tempo.

"O endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado. E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades." (Rm 11:25-26).

No Antigo Testamento a promessa tinha sido feita assim para Israel, e repare que era condicional e futura, para o caso de eles ouvirem a voz do Senhor e guardarem sua aliança:

"Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar DENTRE TODOS OS POVOS, porque toda a terra é minha. E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel." (Êx 19:5-6).

Repare também que para a Igreja ela é ligeiramente diferente e não mostra um pré-requisito, não diz "sereis", mas "sois", colocando o verbo no presente como um fato já consumado:

"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; vós, que em outro tempo não éreis povo, mas AGORA SOIS POVO de Deus; que não tínheis alcançado misericórdia, mas agora alcançastes misericórdia." (1 Pe 2:9-10).

Um povo o Senhor tirou "dentre todos os povos" para ser um "povo santo" para ele. O outro nem sequer era povo, mesmo porque não eram todos de uma mesma língua e nacionalidade, "mas agora sois povo", ou seja, um povo criado de maneira milagrosa e especial, que em sua criação deu provas dessa unidade quando todos puderam ouvir o discurso de Pedro cada um em sua própria língua.

Israel tinha sido escolhido "desde a fundação do mundo":

"Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo." (Mt 25:34).

A Igreja, embora tendo sido fundada depois de Israel, foi escolhida "antes da fundação do mundo", na eternidade.

"Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor." (Ef 1:4).

Usando do mesmo princípio aplicado no milagre da transformação de água em vinho, aqui também o Senhor guardou o melhor para o final.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça