As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

O que Jesus quis dizer com "andar de dia"?



https://youtu.be/zvaD0dCaHKY

Você escreveu perguntando o que Jesus quis dizer em João 11:7-10? "Depois disto, disse aos seus discípulos: Vamos outra vez para a Judeia. Disseram-lhe os discípulos: Rabi, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e tornas para lá? Jesus respondeu: Não há doze horas no dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo; mas, se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz".

Eu mesmo precisei recorrer aos escritos de outros irmãos porque nunca tinha parado para pensar no significado da passagem, então vou transcrever aqui o que encontrei de dois autores:

"No curso normal dos eventos, há doze horas de luz durante o dia, quando os homens podem trabalhar. Enquanto um homem trabalha durante esse período de tempo, não há perigo de tropeçar ou cair porque vê para onde está indo e o que está fazendo. A luz deste mundo, ou a luz do dia, o impede de morrer acidentalmente por tropeçar. O significado espiritual das palavras do Senhor é o seguinte: O Senhor Jesus estava andando em perfeita obediência à vontade de Deus. Portanto, não havia perigo de ser morto antes do tempo determinado. Ele seria preservado até que seu trabalho fosse feito. Em certo sentido isso é verdade para todo crente. Se estivermos caminhando em comunhão com o Senhor e fazendo sua vontade não há poder na Terra que possa nos matar antes do tempo designado por Deus." — William Macdonald.

Outro autor comenta:

"Se era a vontade do Pai, era dia; e como Jesus não foi apenas enviado pelo Pai vivo, mas viveu por causa do Pai, assim, para o discípulo, Jesus é a luz, a comida e o motivo. A vontade de Deus expressa em sua palavra é a luz do dia; ficar sem ela é andar à noite, e tropeçar é a conseqüência certa. Se Cristo estiver diante de nós, a luz estará em nós, e nós não tropeçamos. Que possamos sempre ouvir sua palavra! O Senhor exercitaria o coração dos discípulos. Como seu tempo de permanência no mesmo lugar por dois dias não foi o impulso de um sentimento humano, então sua ida ao lugar do ódio mortal foi de acordo com a luz em que estava imerso e foi. Ele tinha mais a dizer sobre o que eles deviam refletir. Ele permanecia na dependência do Pai; ele esperava a vontade de seu Pai. Era isto que determinava seus movimentos." — William Kelly.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana