fonte

Irmãs podem louvar ao Senhor nas reuniões?



https://youtu.be/S-tjSRsKs3c

Não sei se entendi sua dúvida, mas de qualquer modo as irmãs podem sim louvar ao Senhor acompanhando os cânticos da assembleia. A restrição que a Palavra de Deus coloca para a mulher é no sentido de falar nas reuniões e ensinar, e isso não por alguma questão cultural ou de época, mas por ser um mandamento do próprio Senhor. Isto é para evitar que ela seja enganada pelo diabo, já que é a parte frágil, como foi com Eva. Veja as passagens:

"As vossas mulheres estejam caladas nas igrejas; porque não lhes é permitido falar; mas estejam sujeitas, como também ordena a lei. E, se querem aprender alguma coisa, interroguem em casa a seus próprios maridos; porque é vergonhoso que as mulheres falem na igreja. Porventura saiu dentre vós a palavra de Deus? Ou veio ela somente para vós? Se alguém cuida ser profeta, ou espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor." (1 Co 14:34-37).

"A mulher aprenda em silêncio, com toda a sujeição. Não permito, porém, que a mulher ensine, nem use de autoridade sobre o marido, mas que esteja em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva. E Adão não foi enganado, mas a mulher, sendo enganada, caiu em transgressão." (1 Tm 2:11-14).

Mas se falar e ensinar são práticas vedadas à mulher, louvar não, pois ela é também sacerdote com igual acesso à presença de Deus. Porém fiquei em dúvida se ao perguntar se uma irmã poderia louvar na reunião você não estaria se referindo à prática encontrada nas denominações de apresentação de cantoras como em um programa de auditório. Se foi esta sua dúvida, então a resposta é "não", a irmã não deverá cantar ou louvar sozinha porque o próprio ato de estarmos congregados é uma expressão de comunhão, quando o que oferecemos ao Senhor é um louvor conjunto, e não uma exibição para uma plateia. A igreja está congregada para o Senhor, não para si mesma ou para entreter os presentes.

"Para que concordes, A UMA BOCA, glorifiqueis ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Porque, assim o que santifica, como os que são santificados, são todos de um; por cuja causa não se envergonha de lhes chamar irmãos, dizendo: Anunciarei o teu nome a meus irmãos, Cantar-te-ei louvores no meio da congregação." (Rm 15:6-12).

Repare que o que fazemos em assembleia, isto é, congregados, fazemos "a uma boca", ou seja, todos juntos em uníssono (um mesmo som), e mesmo que o ministério da Palavra trazido por dois ou três irmãos seja individual, existe o amém ou concordância da assembleia para o que é falado, caso contrário ele será interrompido. É para isso que existe a admoestação " E falem dois ou três profetas, e os outros julguem." (1 Co 14:29). Mas quando cantamos, não são apenas os irmãos e as irmãs que cantam como um todo, mas o próprio Senhor canta conosco no meio da congregação.

"Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e mediante quem tudo existe, trazendo muitos filhos à glória, consagrasse pelas aflições o príncipe da salvação deles. Porque, assim o que santifica, como os que são santificados, são todos de um; por cuja causa não se envergonha de lhes chamar irmãos, dizendo: Anunciarei o teu nome a meus irmãos, Cantar-te-ei louvores no meio da congregação. E outra vez: Porei nele a minha confiança. E outra vez: Eis-me aqui a mim, e aos filhos que Deus me deu." (Hb 2:10-13).

Em ocasiões à parte das reuniões da assembleia, em casa ou mesmo quando irmãos estão juntos para conversar, não há qualquer problema em um irmão ou uma irmã que tenha talento musical cantar um hino individualmente, ou mesmo tocar um instrumento musical, algo que não usamos nas reuniões. Mas nas reuniões da igreja não faz qualquer sentido um cântico individual para entreter uma plateia, como se disséssemos: "Vamos agora ouvir a irmã Fulana cantar um louvor para o enlevo espiritual de todos. Pedimos ao Senhor e aos demais irmãos que permaneçam em silêncio enquanto ela canta.". Quando reunidos cantamos para o Senhor, não para os irmãos.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça