fonte

Você viu que na China estão prendendo cristãos?



https://youtu.be/T_YfyQyaaao

O vídeo que você me enviou com uma mensagem com palavras "URGÊNCIA" E "TERROR" no título é uma manipulação da pior espécie. O coral uniformizado que canta hinos em inglês em vários segmentos da montagem é formado por habitantes do estado indiano de Mizoran, um território incorporado à Índia cuja população é em sua maioria cristã e vinda de tribos do sudeste asiático. Nem chineses eles são. O nome do grupo que aparece no vídeo é BESY Choir, de Aziwal, Mizoram – India. O canal deles no Youtube está neste link.

Pessoas de olhos puxados podem ser de vários países do Oriente e são bastante diferentes umas das outras. Nós ocidentais é que não conseguimos distinguir as diferenças, mas muitos deles também têm dificuldade quando viajam ao ocidente pela primeira vez. Um grupo de turistas chineses que voltou da Alemanha, quando perguntados o que acharam dos alemães, responderam: "Todos eles têm a mesma cara". Por não entender diferenças entre os povos é que existe aquela piada onde o sujeito acha que Iceberg é sobrenome judeu.

Hoje existe muita manipulação para causar impacto com informações falsas, e pessoas com pouco conhecimento podem ser enganadas. Faz lembrar alguns filmes americanos antigos em que o personagem fugia para o Brasil e, ao chegar no aeroporto, a cena mostrava um homem de sombreiro agachado na calçada. Quem fez o filme achava que o Brasil era habitado por mexicanos. Em outro o bandido foge para o Rio, e na rua tem dançarinos de rumba tocando maracas. Isso quando não falam que Buenos Aires é a capital do Brasil.

Recentemente começaram a circular vídeos de policiais espancando passageiros no metrô como se fossem pessoas que desobedeceram a ordem de isolamento social na China. Mas os vídeos eram das manifestações estudantis de 2019 em Hong Kong. Existe também uma grande seita chinesa que às vezes é confundida como sendo cristã e seus membros têm sido duramente perseguidos na China mais pelo grande número de seguidores, do que pelas doutrinas, que nada têm a ver com a verdade cristã.

A China, que é o maior produtor de Bíblias, sempre perseguiu cristãos por conta de sua ideologia ateísta e comunista, e no passado isso foi muito pior, como também acontecia na URSS e seus satélites, na Coréia do Norte e outros países comunistas. Atualmente alguma liberdade é dada na China para que cristãos congregassem nas igrejas oficiais aprovadas pelo estado, sejam elas católicas ou protestantes, e os que se recusam e insistem em congregar em casa acabam perseguidos. Mesmo assim existe lá alguma liberdade que não existe em outros países, por exemplo na Arábia Saudita, onde você é preso se der um folheto evangelístico ou tentar evangelizar um muçulmano.

No Egito os cristãos só podem congregar nas igrejas católicas e protestants que existiam antes da oficialização do islamismo no país. Evangelizar lá também dá cadeia, mas existe a possibilidade de cristãos promoverem encontros em uma margem do Mar Vermelho reservada a resorts para estrangeiros, onde as leis islâmicas, como as restrições a certas vestimentas e venda de bebida alcoólica, não são aplicadas. Irmãos com os quais tenho comunhão no Nepal também sofrem com perseguições e costumam uma vez por ano atravessar a fronteira da Índia para fazer uma conferência nesse país, só por causa das restrições em seu país de origem, cuja constituição considera ilegal o proselitismo religioso.

Mas voltando ao vídeo que me enviou, a intenção do autor pode ter sido boa, mas acaba piorando a situação quando as pessoas descobrem que ele manipulou informações e inseriu o um coral que nem é chinês. Como acreditar que as prisões não são também de estudantes Hong Kong em 2019? Não acredite em tudo que vê no Youtube. Este é hoje o maior canal de fake news e fake vídeos, e muito em breve poderá se tornar também em um canal de deep fake, que são vídeos que usam sistemas de metamorfose de imagem e voz para fazer pensar que celebridades fizeram ou disseram coisas que jamais diriam ou fariam.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça