As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

A Bíblia tem base científica?



https://youtu.be/Qacf1EM0elk

A pergunta é interessante, mas é importante notar que a Bíblia não é um livro de ciência (se fosse, estaria desatualizada), mas a revelação dada por Deus daquilo que Ele decidiu que deveríamos conhecer, e não daquilo que a curiosidade humana possa querer perscrutar. Portanto...

"As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam." 1 Co 2:9 e... "O homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente." 1 Co 2:14

Por isso esqueça explicar a um inconverso as verdades espirituais da Bíblia. Então resta dialogar usando outra abordagem: a de que ninguém pode confirmar ou não a existência do que é visível e cientificamente observável. Isso porque a simples introdução de um observador em um contexto já tira aquele contexto de sua condição original, e não se pode afirmar se o que foi observado é real ou apenas fruto da interpretação de um observador.

Um exemplo famoso: Existe som na floresta quando uma folha cai e nenhum ser com aparelho auditivo está lá para ouvir? Ou existe cor quando não há olhos para identificá-la? O que conhecemos por som e cor nada mais é do que uma interpretação gerada por nossos sentidos de vibrações em diferentes escalas do espectro. Como, então, um serzinho tão pequenininho como nós pode querer entender, de moto próprio, Deus, "Aquele que tem, ele só, a imortalidade, e habita na luz inacessível; a quem nenhum dos homens viu nem pode ver"? 1 Tm 6:16

Quer um teste simples? Você já viu aquelas fotos maravilhosas de estrelas e galáxias tiradas por telescópios? Já viu, a olho nu, as estrelas que pontilham o céu nas noites escuras? Não, você não viu. O que viu foi uma representação de estrelas e galáxias que talvez nem existam mais.

Até o sol que aquece sua pele e você poderia jurar que está brilhando pode ter desaparecido há oito minutos, que é o tempo que sua luz leva até a Terra. Portanto, nada pode se deduzir de verdade e certeza se nos basearmos nas coisas visíveis e mensuráveis. Em outras palavras, se nos basearmos na ciência. O que resta então?

Resta que não devemos atentar "nas coisas que se vêem, mas sim nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, enquanto as que se não vêem são eternas." 2 Co 4:18 Porém para entrar, explorar e se deliciar nessa esfera das coisas eternas é preciso ter fé, palavrinha pequenininha que abre universos tão imensos e é definida apenas uma vez na Bíblia:

"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem." Hb 11:1

Mais acessadas da semana