As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE "assunto"+"mario persona" NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Pesquisar este blog

De quantas Jerusaléns a Bíblia fala?



https://youtu.be/DJQBhWh2DJ0

Existem três Jerusaléns que não devem ser confundidas entre si:
  • Jerusalém celestial (Hb 12.22; Ap 21.10‑22.5), que é o lugar de habitação dos santos nas alturas no período do Milênio;
  • Jerusalém terrenal (Jr 3.17; 30.18; Sl 48; Ez 48.15‑20), que é o lugar de habitação do príncipe e de outros santos, provavelmente da família real de Davi durante o Milênio;
  • Nova Jerusalém (Ap 21.2), a cidade dos santos no Estado Eterno. Todas são chamadas santas (Ap 21.2,10; Jl 3.17).
(traduzido de "Outline of Prophetic Events ‑ Bruce Anstey)

    Mais acessadas da semana