As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.

Pesquisar este blog

Carregando...

Como provar que Matusalem viveu tanto?



https://youtu.be/60Gdzr-M-SQ

Da lista de pessoas que aparecem no Gênesis, Matusalém é o recordista em termos de idade: morreu aos 969 anos, quase mil! Isto não significa que não tenham existido outros que morreram com idade ainda mais avançada. O certo é que eles viveram em um planeta cujas condições climáticas eram completamente diferentes.

Veja que o dilúvio, que só caiu depois da morte de todos os da lista de Gênesis 5, exceto Noé, foi a primeira chuva a cair neste planeta. As condições no princípio da criação eram bem diferentes, como mostra esta passagem: Gên 2:5-6 "E toda a planta do campo que ainda não estava na terra, e toda a erva do campo que ainda não brotava; porque ainda o SENHOR Deus não tinha feito chover sobre a terra, e não havia homem para lavrar a terra. Um vapor, porém, subia da terra, e regava toda a face da terra".

Um planeta regado por neblina, com diferentes índices de incidência de raios cósmicos e uma população ainda livre das distorções cumulativas e hereditárias que o pecado viria a causar, certamente está fora de nossa imaginação. A própria degradação dos elementos ocorria a um ritmo diferente de hoje -- e inclua-se aí a degradação de materiais radioativos hoje usados para datação, como o Carbono 14.

Que Matusalém viveu quase mil anos nós sabemos porque a Bíblia, a Palavra de Deus, assim o diz. Quando abrimos o jornal e lemos a notícia de algum fato político, econômico, esportivo etc. nós acreditamos. Por que então duvidar dos fatos descritos na Palavra de Deus?

Certamente não encontraremos quaisquer evidências físicas da longevidade de Matusalém, tipo certidão de nascimento, esqueleto ou algo assim. Mas podemos confiar que assim foi porque a Palavra de Deus o diz. Moisés escreveu o Pentateuco (os 5 primeiros livros, dos quais Gênesis é o primeiro) e Jesus disse que é impossível crer nele sem crer no que Moisés escreveu.

Joã 5:46-47 "Porque, se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele. Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?".

É interessante pensar que o próprio Jesus endossou os escritos de Moisés e que hoje todas as religiões que colocam dúvidas sobre a veracidade do livro de Gênesis estão contradizendo Jesus. Eu não ousaria fazê-lo, e acredito que qualquer verdadeiro crente em Jesus também não.

Colocar em dúvida o que Deus disse foi a primeira artimanha do diabo, e todos sabemos o que aconteceu quando Eva caiu naquela conversa. Muitos hoje caem na conversa de pseudo-cientistas que duvidam da veracidade das Escrituras e o resultado nada mais é do que pecado.

Mais sobre o assunto aqui:

Como as pessoas podiam viver centenas de anos?
As pessoas viviam mais no princípio?
Quanto tempo vive o homem?
O que a Bíblia diz dos dinossauros?
Existia morte antes da queda do homem?
Como conciliar a Bíblia e a teoria da evolução?
De onde vieram as águas do dilúvio?
O que você acha da teoria do intervalo?
O espiritismo acredita nas palavras de Jesus?
Por que Deus cria pessoas com deformidades?
As coisas foram criadas a partir da luz?
Antes da queda os animais falavam?
A Bíblia foi realmente inspirada por Deus?
Com quem se casou Caim?
Quem são os filhos de Deus em Gênesis?

por Mario Persona

(Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana