As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

O "Evangelho de Maria Madalena" e' genuino?



https://youtu.be/0YdEkfqP9tk

Você escreveu dizendo que viu uma reportagem onde diziam ter sido encontrado o "Evangelho de Maria Madalena", no qual ela diria que teve um caso com Jesus. A reportagem também dizia que Judas não era mau, mas era até amigo de Jesus. Seria verdade? Não, isso é apenas mais um documento espúrio que pode até ter sido escrito na antiguidade, e se foi, pode ter sido uma estratégia de desinformação para tentar desacreditar o cristianismo.

Durante a 2a. Guerra Mundial o MI6, o Serviço Secreto Britânico, criou um grupo de desinformação para enganar os alemães. Nele havia um agente britânico do MI6 que frequentava reuniões de ingleses e alemães moradores da Inglaterra que eram simpatizantes do nazismo. Nessas reuniões esse agente britânico se fazia passar por agente nazista e recrutava simpatizantes para espionar os ingleses e passar informações para os alemães.

Acontece que a maior parte dessas informações lhes eram passadas pelo próprio agente britânico e falso agente nazista, justamente para fazê-las chegar ao alto comando alemão. O objetivo era fazer com que os nazistas pensassem que os ingleses estavam planejando uma coisa, quando estavam na realidade fazendo outra. Foi graças a esse agente britânico e sua estratégia de desinformação que foi possível os aliados prepararem uma operação falsa de invasão da França pelo norte, quando a invasão verdadeira aconteceria no sul.

Então, enquanto os aliados preparavam a invasão para a Normandia, ao sul, o General Paton fazia de conta que estava preparando uma invasão da costa de Calais, ao norte, o ponto mais próximo da Inglaterra. Para isso os aliados construíram centenas de tanques infláveis, aviões e até lanchas de desembarque feitas de ripas de madeira e tela pintada. Sadam Hussein fez a mesma coisa na Guerra do Iraque fazendo os Estados Unidos e aliados pensarem que ele tinha um exército bem maior do que era na realidade. Sadam importou centenas de tanques de guerra infláveis de um fabricante italiano.

Enquanto os aliados montavam o cenário de uma falsa invasão, tudo era confirmado pelos aviões alemães de reconhecimento, que fotografavam esse exército falso do alto, e também pelos agentes alemães que não percebiam que estavam recebendo informações falsas do agente britânico infiltrado no grupo de simpatizantes do nazismo. Isso fez com que os alemães não fixassem o olhar onde as coisas realmente aconteceriam.

Do mesmo modo a estratégia de Satanás é desviar nosso olhar de Cristo e nos fazer acreditar em qualquer coisa que possa contradize o que temos na Palavra de Deus. Portanto esses falsos evangelhos que de vez em quando alguém "descobre" têm sua origem na mente satânica que quer fazer as pessoas acreditarem que Deus as enganou com os evangelhos que temos inspirados pelo Espírito de Deus. Acho que você sabe quem foi que no início insinuou a Eva que Deus estava escondendo algo dela, não é mesmo?

Portanto não dê ouvidos a esses artigos, reportagens e documentários de supostos evangelhos que contradizem a perfeita Palavra de Deus que nos últimos dois mil anos tem sido fonte de consolo e encorajamento para milhões de pessoas. Reportagens e documentários não ganham audiência falando dos evangelhos genuínos, mas recorrendo a teorias conspiratórias atraem um público maior. Na imprensa vale a máxima: "Se não sangrar não dá audiência".

"[O diabo] foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira." (Jo 8:44).

Costumo receber mensagens de pessoas interessadíssimas em ler os livros apócrifos e aí eu pergunto: "Você já leu e entendeu toda a Bíblia?". Geralmente respondem que não. Por que alguém perderia tempo com esses manuscritos que em sua época eram equivalentes aos "fake news" ou "teorias conspiratórias" de hoje? Talvez por causarem a sensação que todo boato mentiroso é capaz de causar.

Em um site que encontrei apontando os absurdos desses falsos evangelhos o autor diz que existe um "evangelho" falso de Tomé que mostra um Jesus que, quando criança, agia como um tirano de temperamento forte. Quando um vizinho atrapalhou sua brincadeira ele o teria amaldiçoado assim: "Você se secará como uma árvore e não terá folhas e nem raiz e nem fruto.".

Em outra ocasião esse "Jesus" do falso evangelho de Tomé teria matado imediatamente um garoto que o teria prejudicado. E quando os pais do menino ficaram bravos, foram amaldiçoados com cegueira. E quando José quis dar um puxão de orelhas no filho, acabaria sendo repreendido por ele. Mas, obviamente depois de amaldiçoar, matar, secar e cegar suas vítimas, aquele suposto menino Jesus as curava para ganhar o respeito da vizinhança.

O falso "Evangelho de Judas" diz que Jesus era mais amigo de Judas do que dos outros discípulos, e teria revelado a ele segredos da natureza do Universo. "Tu te tornarás o décimo terceiro, e serás amaldiçoado pelas outras gerações, mas voltará para dominá-las... irás exceder a todos eles", diz o falso evangelho. Ali também há toda uma trama combinada entre Jesus e Judas para que a traição desse certo, Jesus fosse morto e ressuscitasse. Tudo com a ajuda de Judas.

O artigo ainda menciona um falso "Evangelho de Filipe", que incluiria, entre outras bobagens, passagens como: "A companheira do Salvador é Maria Madalena. Ele a amava mais do que a todos os discípulos e costumava beijá-la muitas vezes...". Nele também ocorre outro absurdo: "Alguns disseram que Maria concebeu do Espírito Santo, mas isto é um erro. Eles não sabem o que estão dizendo. Como poderia uma fêmea conceber de outra fêmea?". O tal Filipe do falso evangelho devia ser muito feminista para atribuir o gênero feminino ao Espírito Santo.

Se você ainda não ficou completamente enojada de tanta bobagem, então tome mais essa: No falso "Evangelho Gnóstico de João" Jesus teria até ensinado seus discípulos a brincarem de roda e a dançarem assim de mãos dadas. E se quiser acrescentar mais uma bizarrice veja o que diz o "Evangelho Essênio da Paz", descoberto entre os manuscritos de Qumran e conhecidos como manuscritos do Mar Morto. Nele diz que Jesus teria ensinado, não só a alimentação correta para seus seguidores, mas também como fazer lavagem intestinal:

“Ajoelhai-vos no chão diante do anjo da água e deixai a extremidade do talo da cabaça penetrar-vos as partes traseiras, para que a água flua por todos os vossos intestinos. (…) Orai, pedindo ao Deus vivo que vos perdoe todos os pecados passados, e ao anjo da água que vos liberte o corpo de todas as impurezas e doenças”.

Espero que isso seja suficiente para você não acreditar nas "novidades" que surgem o tempo todo tentando minar a credibilidade da Palavra de Deus e trazer desonra ao nome de Cristo. O diabo é hoje um agente infiltrado na cristandade e muitos de seus asseclas estão confortavelmente aninhados na grande árvore em que se tornou a pequena semente de mostarda da parábola que o Senhor contou. São as mesmas aves que comeram as sementes caídas à beira do caminho, e voltam a ser vistas na Grande Meretriz, a Babilônia, que será a configuração final da cristandade apóstata quando Cristo julgá-la por todas as suas maldades.

"E, quando semeava, uma parte da semente caiu ao pé do caminho, e vieram as aves, e comeram-na... Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno, e arrebata o que foi semeado no seu coração; este é o que foi semeado ao pé do caminho... E clamou fortemente com grande voz, dizendo: Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e covil de todo espírito imundo, e esconderijo de toda ave imunda e odiável." (Mt 13:4, 19; Ap 18:2).

A Netflix produziu um documentário sobre esse caso da espionagem britânica com base em documentos secretos revelados recentemente. O nome é "The Jack King Affair". www.imdb.com/title/tt7833994/

por Mario Persona


Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)


Mais acessadas da semana