fonte

Posso ensinar onde e como congregar se nao estou congregado?



https://youtu.be/aZdLThRNUa0

Você escreveu dizendo que costuma compartilhar muitos textos e mensagens que eu publico, em parte ou no todo, mas isso está causando um problema. Várias pessoas que querem congregar fora do sistema religioso perguntam a você como e onde fazer isso e você fica sem saber o que responder, ou diz simplesmente para me escreverem. E então pergunta: "Seria correto o que estou fazendo?".

Para mim não há problema você dar  meu e-mail para as pessoas e dizerem para que me escrevam, mas pelo que entendi você mesmo não está congregado ao nome do Senhor Jesus. Embora você diga que pretende fazer isso, acredita ter ainda algumas coisas que precisa resolver.

Minha sugestão é que faça a lição de casa antes de dizer a outros onde congregar. Talvez fosse mais apropriado você se limitar a compartilhar apenas mensagens evangelísticas sem tentar "ensinar" onde as pessoas devem congregar. Sem querer me comparar ao apóstolo Paulo, não pude deixar de lembrar da passagem dos exorcistas judeus, que não conheciam a máxima do próprio apóstolo, que dizia: "Cri, por isso falei". Não tente ensinar outros a fazerem aquilo que você mesmo não faz.

"E alguns judeus, exorcistas ambulantes, tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre possessos de espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus, a quem Paulo prega. Os que faziam isto eram sete filhos de um judeu chamado Ceva, sumo sacerdote. Mas o espírito maligno lhes respondeu: Conheço a Jesus e sei quem é Paulo; mas vós, quem sois? E o possesso do espírito maligno saltou sobre eles, subjugando a todos, e, de tal modo prevaleceu contra eles, que, desnudos e feridos, fugiram daquela casa. Chegou este fato ao conhecimento de todos, assim judeus como gregos habitantes de Éfeso; veio temor sobre todos eles, e o nome do Senhor Jesus era engrandecido." (At 19:13-17).

Por você não ter uma experiência de primeira mão daquilo que prega, pode ficar sem saber como agir quando alguém perguntar de seu exercício pessoal nessas coisas. Existe um provérbio inglês que é "Walk the talk", ou seja, "Viva aquilo que prega". Que tal começar a fazer o mesmo?

Quando o anjo deu um livrinho para João comer, o livrinho foi doce à boca, como é doce falarmos de muitas doutrinas da Bíblia, mas ficou amargo quando engoliu, porque não é tão doce termos de aplicar essas coisas em nossa própria vida. Só depois de engolir e sentir no ventre todo o peso daquelas verdades foi que veio a ordem para João sair a testemunhar. Não antes.

"A voz que ouvi, vinda do céu, estava de novo falando comigo e dizendo: Vai e toma o livro que se acha aberto na mão do anjo em pé sobre o mar e sobre a terra. Fui, pois, ao anjo, dizendo-lhe que me desse o livrinho. Ele, então, me falou: Toma-o e devora-o; certamente, ele será amargo ao teu estômago, mas, na tua boca, doce como mel. Tomei o livrinho da mão do anjo e o devorei, e, na minha boca, era doce como mel; quando, porém, o comi, o meu estômago ficou amargo. Então, me disseram: É necessário que ainda profetizes a respeito de muitos povos, nações, línguas e reis." (Ap 10:8-11).

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Nunca compartilharemos seu email com terceiros.

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional www.mariopersona.com.br. Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.
O que respondi by Mario Persona is licensed under a Creative Commons Atribuição-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Creative Commons License
Esclarecimentos: O conteúdo deste blog traz respostas a perguntas de correspondentes, portanto as afirmações feitas aqui podem não se aplicar a outras pessoas e situações. Algumas respostas foram construídas a partir da reunião das dúvidas de mais de um correspondente. O objetivo é apenas mostrar o que a Bíblia diz a respeito das questões levantadas, e não sugerir qualquer ingerência de cristãos na política e na sociedade, no sentido de exigir que as pessoas sigam os preceitos bíblicos. O autor é favorável à livre expressão e, ainda que seu entendimento da Bíblia possa conflitar com a opinião de alguns, defende o respeito às pessoas de diferentes crenças e estilos de vida. Aqui são discutidas ideias e julgadas doutrinas, não pessoas. A opção "Comentários" foi desligada, não por causa das opiniões contrárias, mas de opiniões que pareciam favoráveis mas que tinham o objetivo ofender pessoas ou fazer propaganda de alguma igreja ou religião, induzindo os leitores ao erro.

Respondi

O que Respondi

3 Minutos

Evangelho em 3 Minutos

Pela Graça