As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Os mortos estao nos observando?



https://youtu.be/_RnIodzT63g

Você pergunta se os que morreram na fé estariam observando o que acontece na terra, e eu acredito que não. É certo que os mortos da Grande Tribulação que são vistos em Apocalipse 6:9-11 estarão cientes do que acontece na terra, pois clamam por vingança, mas talvez isso será por eles terem acabado de sair daqui. A passagem é esta:

"E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram. E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram." (Ap 6:9-11).

É preciso entender também que aquele é um grupo de pessoas que não pertence à Igreja, mas a outra das diferentes "famílias" de Deus, ali com características de povo judeu. Para entender essa diversidade de grupos pertencentes a Deus e resgatados por Cristo, atente para esta passagem: "Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome..." (Ef 3:14-15).

Infelizmente nossa Versão Almeida Corrigida não deixa claro o que diz ali ao introduzir o artigo "a" em "toda a família". O correto é "toda família nos céus e na terra" no sentido de "cada família". A versão espanhola ajuda um pouco ao colocar "toda la parentela en los cielos y en la tierra" (Reina-Valera 1909). A passagem está falando de diferentes classes de salvos, além dos que pertencem ao corpo de Cristo, a Igreja, da presente dispensação. No céu há também os fetos abortados, as crianças que morreram antes de terem idade suficiente para crer, os deficientes mentais, os santos do Antigo Testamento etc. São diferentes "famílias".

Voltando à passagem de Apocalipse 6:9-11, os membros do corpo de Cristo, que são a Noiva de Cristo, nunca clamariam por vingança, como aqueles que "clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?". Você imaginaria uma noiva clamando ao Noivo por vingança? Nem eu. Acredito que ela não estaria mais preocupada com isso, mas com a contemplação de seu Amado.

Alguns alegam que Hebreus 12:1 — "Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas..." — seria evidência de uma nuvem ou aglomerado de testemunhas debruçadas numa imaginária sacada no céu olhando para a terra e para o comportamento dos vivos. Mas este versículo é o complemento de tudo o que foi falado no capítulo 11, onde você encontra uma lista daqueles que foram da fé no passado. É dessa nuvem ou conjunto de testemunhas que está falando, que servem de exemplo para nós que ainda estamos aqui no mundo. E o versículo seguinte resolve também a questão para mostrar qual é a atração principal do céu.

"Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus." (Hb 12:1-2).

Se você estivesse em um cinema assistindo a um filme muito bom e emocionante, será que ficaria olhando para trás para as pessoas que entram e saem do cinema? Não, você teria seu olhar fixado na atração principal, e é assim que imagino o céu: todos contemplando o Cordeiro em adoração a ele, e não "mudando de canal" para ver o que está se passando no mundo, pois isso já não irá nos afetar. Veja nesta cena celestial com quê estão ocupados todos os seres humanos e angelicais:

"E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra. E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono. E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. E cantavam um novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; e para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra. 

E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças. E ouvi toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Amém. E os vinte e quatro anciãos prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre." (Ap 5:6-14).

https://www.respondi.com.br/2011/09/os-mortos-podem-ajudar-os-vivos.html

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana