As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Não é toda a Palavra que tem poder?



https://youtu.be/1f1w8gyIA28

Você escreveu perguntando: "Se a força está em Toda a Palavra, supondo que um pregador comece a pregar a Palavra do Evangelho do Reino (que era dirigida aos Judeus), essa Palavra não teria força, mas só colocaria dúvida nos ouvintes. Então na atual dispensação da graça não poderíamos dizer que toda a Palavra tem poder, mas apenas o Evangelho da graça, correto?".

Acredito que você tenha misturado um pouco as coisas depois de ter entendido que João Batista, Jesus e os discípulos pregavam, durante o tempo dos evangelhos, o Evangelho do Reino, e nós pregamos hoje o Evangelho da Graça até vir o arrebatamento da Igreja quando o Evangelho do Reino voltará a ser pregado. A mensagem do Evangelho do Reino era: "Arrependei-vos porque é chegado o reino dos céus" (Mt 3:2; 4:17); a mensagem do Evangelho da Graça é: "Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa." (At 16:31).

Quando Jesus, o Rei, estava aqui, a mensagem era de que o Rei havia chegado. Uma vez rejeitado, a mensagem agora é de um Evangelho completo que revela o arrependimento como consequência da vida que é dada ao homem pela ação da Palavra de Deus aplicada pelo Espírito Santo com base numa obra já consumada: Cristo morreu, ressurgiu, subiu ao céu e está assentado à destra da Majestade nas alturas. Assim que a Igreja, cujas bênçãos e esperanças são celestiais, for tirada da Terra o Evangelho do Reino voltará a ser pregado por um remanescente de judeus convertidos até Cristo voltar para julgar as nações e estabelecer seu reino de mil anos na Terra. Enquanto isso a Igreja estará habitando com ele no céu.

Grave bem este versículo: "De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus" (Rm 10:17). O que diz aí? Que a capacidade de ouvir, pela qual o Espírito Santo irá produzir fé, vem pela Palavra de Deus. Ou seja, tudo começa em Deus e na sua Palavra, nada no ser humano. E aí não diz que parte da Palavra, pois pode ser tanto de Gênesis a Apocalipse quanto uma partícula qualquer. Lembre-se da importância que Jesus deu até à menor partícula da Lei: "Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido." (Mt 5:18).

Toda Palavra de Deus tem poder sim, e talvez uma melhor maneira de entendermos isso seja lendo o Salmo 29:3-9) que nos fala da "voz do Senhor": "A voz do Senhor ouve-se sobre as suas águas... A voz do Senhor é poderosa; a voz do Senhor é cheia de majestade. A voz do Senhor quebra os cedros; sim, o Senhor quebra os cedros do Líbano... A voz do Senhor separa as labaredas do fogo.  A voz do Senhor faz tremer o deserto; o Senhor faz tremer o deserto de Cades. A voz do Senhor faz parir as cervas, e descobre as brenhas; e no seu templo cada um fala da sua glória.".

Foi o mesmo Verbo ou Palavra de Deus que criou tudo a partir do nada. Uma pessoa é de novo gerada pela aplicação da Palavra de Deus feita pelo Espírito Santo. Não importa que parte da Palavra de Deus. Ele pode usar qualquer parte. Por isso soube de um caso em que um homem que costumava ler a Bíblia todas as noites com sua família. Uma noite chegou uma visita e ele explicou que iriam dedicar alguns minutos à leitura da Bíblia e oração, como costumavam fazer naquele horário, e o visitante não se opôs.

Quando o pai de família abriu a Bíblia no capítulo daquela noite segundo a sequência que estavam seguindo, viu que o capítulo seria Gênesis 5, que é basicamente uma lista de nomes da genealogia de Adão a Noé. Ele até pensou em escolher outro capítulo que tivesse uma mensagem mais evangelística para alcançar o visitante, mas decidiu confiar no Senhor foi isso que leu naquela noite: "E viveu Fulano tantos anos, gerou filhos e morreu. E viveu Sicrano tantos anos, gerou filhos e morreu. E viveu Beltrano tantos anos, gerou filhos e morreu...".

Quando terminaram de fazer a leitura e a oração o visitante estava chocado com a mensagem e se converteu naquela mesma noite. Nunca antes ele tinha se dado conta de que iria morrer, como todos aqueles morreram, e foi este o capítulo que realmente tocou seu coração e abriu as portas para um melhor entendimento do evangelho.

Portanto a Palavra de Deus, independente de que parte seja, é o que irá gerar vida numa alma. Depois, tendo a pessoa vida vinda de Deus e sentindo o peso de seus pecados e a perspectiva da perdição eterna, Deus irá completar a obra fazendo com que ela ouça também que Cristo morreu e ressuscitou. Foi assim com Cornélio, o centurião, se converteu.

Se você ler o capítulo 10 de Atos verá que Cornélio era um prosélito, isto é, um gentio convertido ao judaísmo, portanto com acesso à Palavra de Deus. Aquela Palavra que ele escutava dos judeus entrou em seu coração e, pela ação do Espírito, gerou vida, o que podemos perceber pelo fato de ele ser alguém que buscava a Deus e fazia esmolas que eram apreciadas por Deus.

Repare no contraste disso com o que Paulo fala do homem natural inconverso no capítulo 1 de Romanos. Este não busca a Deus e não há nada vindo dele que possa agradar a Deus. Mas apesar de Cornélio ser um homem nascido de novo pela ação da Palavra e do Espírito, ele ainda precisava ouvir o claro Evangelho da Graça, que inclui a vinda de Jesus, sua morte, ressurreição e glorificação, e sua posterior volta como Juiz de todos. Só então ele foi selado com o Espírito Santo e podemos dizer que sua conversão estava completa.

É assim com qualquer um que tem contato com o poder da água da Palavra que o Espírito Santo enche uma alma e só depende da ação do Senhor para transformar em vinho que é figura do sangue de vida e da alegria.

por Mario Persona

Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana