As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Satanás era o ministro de louvor no céu?



https://youtu.be/7GtS7npA_Sg

Perguntas do tipo "O diabo era ministro de louvor nos céus?" são típicas de quem vive dentro de uma organização religiosa onde existem cargos como "Ministro de Louvor", "Presidente da Mocidade", "Presidente da Sociedade de Senhoras", "Diretor de Missões" etc. Tudo isso é invenção humana, e não me surpreenderia se alguém perguntasse se no Éden Eva teria sido "Presidente da Sociedade de Senhoras" e Paulo "Diretor de Missões".

Esse costume de se criar cargos na igreja foi herdado das empresas norte-americanas onde todo mundo é Presidente, Vice Presidente ou Diretor de alguma coisa. Bom para o ego de alguém que no dia a dia é o capacho na empresa onde trabalha, mas na igreja é presidente de alguma coisa, nem que seja dos guardadores dos carros.

Se ler a passagem normalmente usada para afirmar que Lúcifer era "Presidente do Louvor" ou "Regente do Coro" no céu verá que ela não diz isso. Diz apenas que nele havia a habilidade de seus tambores e pífaros. Mas mesmo essa afirmação depende da versão utilizada, pois algumas nem falam de tambores ou pífaros. Veja como Ezequiel 28:13 aparecem em diferentes versões:

"Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônia, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados." - Almeida Revista e Corrigida

"Estavas no Éden, jardim de Deus; de todas as pedras preciosas te cobrias: o sárdio, o topázio, o diamante, o berilo, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo e a esmeralda; de ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos; no dia em que foste criado, foram eles preparados." - Almeida Revista e Atualizada

Ainda que a versão que fala de tambores e pífaros seja a correta, devemos nos lembrar de que a Palavra de Deus usa elementos do mundo material para representar verdades espirituais. Ou você acha que no céu existe uma fábrica de instrumentos? Repare que a Bíblia também utiliza como figura instrumentos da época em que foi escrita. Se fosse hoje leríamos algo como guitarras, baterias, teclados etc.

Se pensarmos que os anjos estavam empenhados em um cântico conjunto quando a Terra estava sendo criada, é melhor esquecer a ideia de uma orquestra de instrumentos materiais quando nem matéria ainda havia. Veja que a passagem em que Deus conta a Jó como foram os cânticos do coral angelical tem a ver com a criação da Terra.

"Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Dize-mo, se tens entendimento. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas as suas bases ou quem lhe assentou a pedra angular, quando as estrelas da alva, juntas, alegremente cantavam, e rejubilavam todos os filhos de Deus?" (Jó 38:4-7).

Até mesmo esta passagem usa elementos do mundo material tangível para poderem ser compreendidos pelo leitor, como "fundamentos" ou "alicerces", "cordel", "pedra angular". Que os anjos cantavam nesse momento fica evidente porque a Palavra de Deus o afirma. Que precisavam de algum regente ou maestro ou "Presidente do Louvor" para isso é mera especulação de quem gosta de distribuir crachás e plaquetas em portas de salas e escrivaninhas.

por Mario Persona


Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana