As ideias aqui não são originalmente minhas, mas são fruto do que tenho aprendido da Palavra de Deus fora dos sistemas denominacionais com irmãos congregados ao nome do Senhor e também com autores de outras épocas que congregavam assim, como J. G. Bellett, C. H. Brown, J. N. Darby, E. Dennett, W. W. Fereday, J. L. Harris, W. Kelly, C. H. Mackintosh, A. Miller, F. G. Patterson, A. J. Pollock, H. L. Rossier, H. Smith, C. Stanley, W. Trotter, G. V. Wigram e muitos outros. Uma lista completa em inglês você encontra neste link.
ATENÇÃO: POR FALTA DE TEMPO SÓ RESPONDEREI PERGUNTAS INÉDITAS. NÃO RESPONDO NO WHATSAPP.
PESQUISE assunto +mario persona NO GOOGLE PARA VER SE JÁ EXISTE RESPOSTA.

Devemos temer o diabo?



https://youtu.be/gZGVQYFxRmM

Depende do que você quis dizer quando perguntou se devemos temer Satanás. Se estou no campo de batalha diante de um inimigo bem armado e cheio de artimanhas, eu seria um tolo se tratasse meu inimigo levianamente. O mais sábio seria reconhecer sua capacidade de me atingir de diferentes maneiras e estar sempre bem protegido contra ele. Mas um inimigo temido é aquele que nem sempre ataca de frente, mas prefere minar minhas defesas ou atacar meus flancos. Ou, mais perigoso ainda, tentar me arregimentar como um inocente útil para sua causa.

Por exemplo, Satanás é o pai da mentira. "Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira." (Jo 8:44). Eu deveria temer ser como ele, mentiroso e enganador. Deveria também estar bem firmado na Verdade porque é a única maneira de ficar protegido contra a mentira e não ser um agente dele em disseminar a falsidade.

A Palavra de Deus revela também o caráter acusatório de Satanás, sempre apontando o dedo contra os santos. "E ouvi uma grande voz no céu, que dizia: Agora é chegada a salvação, e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite." (Ap 12:10). Quando faço isso estou engrossando sua fileira de acusadores e de certo modo agindo como um agente infiltrado do diabo para desestabilizar meus irmãos.

Satanás também é visto como o tentador em Mateus 4:3. Ainda que a tentação à qual ele submeteu o Senhor Jesus estivesse mais para um teste, a fim de comprovar suas credenciais de Filho de Deus, o diabo não descansa de tentar os seres humanos de diferentes maneiras. Quando eu fizer algo que possa escandalizar e causar tropeço a um irmão, criando para ele uma situação tentadora e o levando a pecar, estarei trabalhando como um terceirizado do diabo. O melhor seria deixar esta tarefa exclusivamente para ele.

E o que dizer da capacidade e poder do diabo de efetuar milagres e maravilhas? Poderia eu ser seduzido por essas coisas e acabar patrocinando o trabalho do diabo? Certamente. Em 2 Tessalonicenses 2:8-10 lemos que "será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda; a esse cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás, com todo o poder, e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para se salvarem."

Hoje existem muitos falsos cristãos, lobos infiltrados na cristandade, e também cristãos genuínos e ingênuos, que servem de peões e massa de manobra para o diabo conquistar incautos por meio do que é visível, afastando-os de uma vida de fé. Os "peões" aos quais me referi são os que agem em cumplicidade com esses pregadores da TV que prometem prosperidade e milagres com hora marcada para tirar dinheiro dos incautos.

Outro dia recebi uma mensagem de um pai bastante triste com minhas críticas contra os pregadores de milagres e prosperidade nessas mega-igrejas. Sua tristeza era por eu ter generalizado meus comentários, mas ele procurou deixar bem claro que sua filha e genro, obreiros de uma mega-igreja, eram pessoas sinceras que tinham deixado tudo para seguir o líder daquela organização como fantoches comandados por ele.

Muitos obreiros dessa gigantesca instituição, com templos em vários países, ficam tão cegados pelo discurso de seus feitores que "depositam tudo no altar", e isso inclui até mesmo alguma herança que tenham recebido de seus pais em vida. Passam a morar e a comer com o que é fornecido pela instituição, que não deixa que morem num mesmo lugar por mais de dois anos. Por isso para muitos ter filhos com essa vida errante nem chega a ser uma opção.

Me entristeci por esse pai, pois sei que é assim. Muitos jovens ficam tão deslumbrados com o poder e com a oratória desses lobos que abrem mão de ter filhos, família e até uma vida privativa para serem usados como "obreiros" ou "missionários" em diferentes países do mundo. Mas isso é o que dá seguir cegamente pessoas que atuam pelo poder de Satanás como atuará o anticristo que fará "grandes sinais, de maneira que até fogo faz descer do céu à terra, à vista dos homens. E engana os que habitam na terra com sinais que lhe foi permitido que fizesse em presença da besta." (Ap 13:13-14).

Se você conhece algum desses jovens escravos dos pregadores de milagres, que obedecem cegamente suas ordens, é bom alertá-lo. Ele pode estar tão fascinado com o poder, a riqueza e os milagres que não é capaz de enxergar Satanás agindo nos bastidores. Àquele pai preocupado eu respondi:

"Eu sei que deve ser um sofrimento para você ter de lidar com isso, mas não tente defender essa organização pela qual sua filha e tantos outros têm sido escravizados. É mais uma organização perversa que só visa o lucro dos que estão no topo da pirâmide. Ora, você nunca ouviu falar de padres e freiras que passam a vida abnegadas a serviço da igreja católica e nada possuem? Não percebe uma semelhança nisso? São uns pobres coitados aliciados e enganados pela instituição da qual se tornaram escravos."

Será que preciso lembrar que uma das tentações em que o diabo é especialista é seduzir "mulheres néscias carregadas de pecados, levadas de várias concupiscências" (2 Tm 3:6), oferecendo riquezas como fazem os pregadores da prosperidade na TV? "Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares." (Mt 4:8-9).

Portanto a melhor maneira de se entender o temor que se deve ao diabo não é exatamente de ele nos causar diretamente algum tipo de mal, pois para isso precisará obter a autorização de Deus, como no caso de Jó nos capítulos 1 e 2 de seu livro. O temor que devemos ter é o de sermos enredados por seu canto de sereia e acabarmos ingenuamente servindo a ele em seus propósitos de mentir, acusar nossos irmãos, enganar as pessoas, ficarmos ocupados com sinais e milagres desses pregadores da TV, ou até acabar na coleira de suas organizações comendo na mão do lobo.

Os que acabam assim se transformam em aprendizes de feiticeiro, pois passam a seduzir pessoas com promessas de prosperidade e riquezas para levá-las a cair na tentação da adoração a Mamom. Com o tempo acabam ficando iguais aos seus feitores, "inimigos da cruz de Cristo, cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre, e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas." (Fp 3:18-19).

Quanto ao poder do diabo, de usar a morte como instrumento de terror, este já foi aniquilado e o crente sabe muito bem que até mesmo a morte é sua serva, pois só consegue fazê-lo chegar mais rapidamente na presença do Senhor.

"E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; e livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão." (Hb 2:14-15).

"E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo." (Mt 10:28).

O que devemos, sim, fazer é nos mantermos sóbrios e vigilantes, e não ingênuos e posando de presa fácil de emissários de Satanás, que é como Paulo descreve os falsos ministros espalhados pela cristandade, e contra os quais emite um alerta: "Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." (2 Co 11:13-15).

"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo." (1 Pe 5:8-9).

Nossa batalha não é contra seres humanos — carne e sangue —, mas contra o diabo e seus anjos, uma batalha que não acontece na terra, mas nos lugares celestiais onde habitam esses anjos rebeldes. Paulo descreve o arsenal que já está à nossa disposição. Cabe a nós vestir essa "armadura" e empunhar essas "armas", ou ficaremos à mercê do inimigo de nossa alma que não se cansará de nos perturbar enquanto vivermos aqui.

"No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; e calçados os pés na preparação do evangelho da paz; tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos." (Ef 6:10-18).

por Mario Persona


Mario Persona é palestrante e consultor de comunicação, marketing e desenvolvimento profissional (www.mariopersona.com.br). Não possui formação ou título eclesiástico e nem está ligado a alguma denominação religiosa, estando congregado desde 1981 somente ao Nome do Senhor Jesus. Esta mensagem originalmente não contém propaganda. Alguns sistemas de envio de email ou RSS costumam adicionar mensagens publicitárias que podem não expressar a opinião do autor.)

Mais acessadas da semana